13 de setembro: Dia Nacional da Cachaça

13 Set 23
Maior parte das receitas do JF Sabor apresenta cachaça como ingrediente obrigatório

Dia 13 de setembro é o dia da cachaça. A bebida é patrimônio nacional e do povo mineiro e a sua história se confunde com a nossa.  E a branquinha TÁ ON nas receitas do JF Sabor identidade, festival gastronômico que está agitando Juiz de fora desde o dia 1 de setembro. São 50 estabelecimentos de alimentação fora do lar entre padarias, bares e restaurantes que participam com 50 receitas, 30 delas com a cachaça como ingrediente.
O tema do JF Sabor este é Identidade e nada mais relacionado com a nossa identidade mineira de que nosso sotaque e a nossa cachacinha. “Por isso a cachaça é um dos três ingredientes obrigatórios nas receitas, porque ele é reconhecida como patrimônio histórico e cultural de Minas”, afirma a presidente da Abrasel Zona da Mata , Francele Galil, ressaltando que além dos drinks a bebida foi utilizada pelos chefes nos drinks pratos principais, quitandas e sobremesas.
A Abrasel também reforça dentro do festival a parceria com o Instituto Mineiro de Agropecuária na campanha “O legal merece um brinde”, que tem por objetivo conscientizar comerciantes, empresários e a população contra a clandestinidade e divulgar a importância do consumo de produtos seguros, de qualidade, registrados e que atendam à legislação. 
“É uma ação institucional que fazemos junto aos nossos associados com o objetivo de garantir a segurança alimentar dos clientes e a qualidade do produto que ofertamos,” afirma a presidente da Abrasel Zona da Mata, Francele Galil. 
Segundo dados do Instituto Mineiro de Agropecuária -IMA, em 2023, Minas Gerais é o maior produtor de cachaça de alambique do país. São 542 produtores registrados, um crescimento de quase 65% no número de registros relatado pelo Anuário de Cachaça elaborado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, em 2021.