Festival Gastronômico JF Sabor reúne 50 receitas de dar água na boca

31 Ago 23
Começa nesta sexta-feira, 1º de setembro a 21ª edição do JF Sabor: o maior e mais antigo festival gastronômico de Juiz de Fora e região. Promovido pela Regional zona da Mata da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes – Abrasel, o festival chega à sua maioridade de cara nova e com o tema “Identidade”, que exalta a nossa mineiridade em 50 deliciosas receitas que estarão disponíveis em 50 pontos comerciais.

Começa nesta sexta-feira, 1º de setembro a 21ª edição do JF Sabor: o maior e mais antigo festival gastronômico de Juiz de Fora e região. Promovido pela Regional zona da Mata da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes – Abrasel, o festival chega à sua maioridade de cara nova e com o tema “Identidade”, que exalta a nossa mineiridade em 50 deliciosas receitas que estarão disponíveis em 50 pontos comerciais.

“Temos participantes e quase todas as regiões da cidade – inclusive na zona rural - e com receitas para todos os gostos. Os chefs se superaram ao aceitar o desafio que propusemos de utilizar milho, cachaça ou café nas receitas e o resultado foi surpreendente”, adianta a presidente da Abrasel Zona da Mata, Francele Galil.

As receitas competem em 10 categorias: cozinha oriental, sanduíche/hambúrguer, pizzas, massas, quitandas, drinks ou Coquetéis com Cachaça, self-service, sobremesas / confeitaria, petiscos/porções e prato principal. Pelo segundo ano consecutivo a Abrasel traz uma categoria especial não competitiva de incentivo à criação de   receitas voltadas para um público cada vez mais crescente que procura alimentos diet, light, sem glúten, sem lactose, veganos ou vegetarianos.

Para levar o troféu de campeã as receitas precisam agradar ao público e a um júri especializado coordenado pela Faculdade Ensine/Universidade Corporativa Dispropan. Os jurados avaliarão adequação ao tema; criatividade; harmonia/Sabor/ temperatura; apresentação e a utilização de, pelo menos, um dos ingredientes obrigatórios: milho, café e/ou cachaça. A soma das notas dos jurados e da votação popular vai definir os vencedores. O público tem acesso aos pratos e sistema de votação através do site www.jfsabor.com, onde avalia a apresentação e o sabor com notas de 0 a 5.

 

Turismo Gastronômico

O tema “Identidade” foi escolhido para reafirmar o compromisso da Abrasel com a culinária mineira. “A gastronomia mineira já representa 30% do atrativo turístico de Minas Gerais e o tema “Identidade” se adequa ao processo de reconhecimento da Cozinha Mineira como Patrimônio Cultural de Minas Gerais”, afirma Francele, se referindo ao processo promovido pela Secretaria de Estado de Cultura e Turismo (Secult) - por meio do Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico (Iepha-MG) e o Instituto Periférico. “Nós mineiros somos diretamente ligados à culinária na alegria, na celebração. Nossa gastronomia faz parte dessa identidade, é nosso patrimônio.  Os turistas já valorizam isso, e é essa valorização que está refletida nas receitas que participam do festival”, ressalta Galil.

 “Nossa intenção  é atrair ainda mais clientes a provar o melhor da nossa gastronomia mineira. Os produtos, com certeza, vão agradar a todos os bolsos e paladares desde o café da manhã até o jantar”, afirma Francele Galil.

De acordo com pesquisa realizada pela Abrasel, em 2022 foram comercializados 19.185 pratos durante o festival, o que representou incremento de 20% no faturamento em 90,7% das casas participantes e movimentação de R$1.123.230. Em 16,7% dos estabelecimentos participantes foi necessário fazer pelo menos uma contratação para atender à demanda gerada pelo Festival. Quanto ao delivery e take whay, 87% dos estabelecimentos registraram crescimento de até 20%, percentual de crescimento também registrado no número de frequentadores nos estabelecimentos